terça-feira, 6 de agosto de 2013

Não quero sentir saudade

Já me fez sentir muitas sensações; reciprocidade, ansiedade, um bem querer, euforia, paz; mas, essa saudade que dói é ruim demais.
Não devia doer. Ela é fruto de momentos tão bons, de cumplicidade, companheirismo, compreensão, de noites de "conchinha", de beijos ardentes, de desejo, de olhares, manias, descobertas, intimidade, carinho...
Tudo me faz lembrar você.
Acho uma coisa que esqueceu aqui, outra ali.
Voltei para casa e o seu cheiro ainda estava no quarto.
E não sou só eu que sinto a sua falta; os cachorros me olham parecendo que perguntam aonde você está que não apareceu para brincar com eles, o bem-te-vi posou na cerca branca do jardim e me fitou analisando minha tristeza, a gatinha nem veio dormir comigo, como se sentisse falta de você naquela cama...
A rede está vazia, e meu coração cheio de uma saudade que não queria estar sentindo...
Como os dias  passam rápidos ao seu lado, como as horas são lentas sem ter você aqui.



4 comentários:

  1. Minha querida sobrinha
    Fico feliz com a sua felicidade
    Parece-me que a saudade, ainda que doída, é a lembrança e o anseio do momento de felicidade.

    ResponderExcluir
  2. ..Saudade é amar um passado que ainda não passou,
    É recusar um presente que nos machuca,
    É não ver o futuro que nos convida...
    (Pablo Neruda)

    Jô Benjamin

    ResponderExcluir
  3. Geraldo Espínola27 de abril de 2014 16:59

    Só consegue descrever em palavras uma saudade quem já se embriagou no vinho do amor e por pior que seja a ressaca , valeu apena se embriagar!!!!!sempre valerá

    ResponderExcluir
  4. MULHER

    Mulher... Criatura sublime.
    Mulher... A mais pura forma do amor.
    Cuja a bondade é ternura.
    E se exprime em doses de amor.
    Mulher...É emoção é paixão.
    Seja ao meu lado ou não.
    E a mais bela sensação.
    Tem amor eterno.
    Mulher... Seja jovem ou idosa.
    Na alegria ou na dor.
    Tu, sempre serás a mais bela criatura,
    do reino de nosso senhor.

    ResponderExcluir

Vamos interagir?